Saiba Mais

Fernando Nobre

Fernando Nobre nasceu em Luanda.Viveu em Angola até 1964, e no Congo Belga, até 1967. Nesse ano mudou-se para a Bélgica, onde se licenciou e doutorou em Medicina como especialista em Cirurgia Geral e em Urologia, na Universidade Livre de Bruxelas.Também na Bélgica, iniciou a sua colaboração com os Médicos Sem Fronteiras, de que foi membro e administrador. Regressado a Portugal, fundou a Assistência Médica Internacional, organização não-governamental, de que é presidente.Através da AMI participou como cirurgião em mais de duzentas e cinquenta missões de estudo, coordenação e assistência humanitária em cerca de setenta países.Em 2010 apresentou-se como candidato para as Eleições presidenciais portuguesas de 2011.

Paulo Morais

É licenciado em Matemática, tem um MBA em Comércio Internacional e é doutorado em Engenharia e Gestão Industrial pela Universidade do Porto. Foi co-fundador e vice-presidente da Direção – Transparência e Integridade Associação Cívica (TIAC), [2] capítulo nacional da Transparency International. Pediu a suspensão do mandato de vice-presidente da TIAC para se candidatar à presidência da República.Actualmente, é professor na Universidade Portucalense, no Porto.

Pandemia: impactos na Saúde, nos Direitos Humanos e nas Democracias

9 abril 2021 | 11.00h

A “pandemia” surgida em finais de 2019 e sobretudo a gestão da OMS, das NU, da UE e da esmagadora maioria dos governos que sobrepuseram a política à ciência independente, provocaram uma enorme tragédia global na área da saúde (física, psíquica e social) assim como nos domínios Laboral, da Pobreza, da Fome, dos Direitos Humanos e da democracia.
Voltar ao topo